SOLSTÍCIO DE INVERNO 2022

- Experiência Comunitária na NAU - 

20 a 27 de junho (São João)

Entre 20 e 27 de junho, Nascente de Artes e Utopia - NAU e OTRATIERRA - Escola de Artivismos, convidam artistas, fazedores da cultura popular, ativistas e intelectuais a um convívio artístico/cultural no nosso espaço na Volta da Serra - Chapada Diamantina. 

 

Desta vez o chamado é para praticar formas de estar coletivamente que estejam atravessadas pela energia do solstício de inverno e suas celebrações. 

Cantar, tocar, dançar, conversar… Cozinhar, catar lenha, comer, beber… Meter as mãos da terra, na água e na pedra para continuar aprimorando o espaço da NAU… serão as principais atividades.

Assim, a proposta será, essencialmente, compartilharmos um tempo afetivo apropriado para cuidarmo-nos mutuamente e tocarmos em questões pessoais-sociais que, atravessadas pelas tradições e vivências das festas juninas, possam nos mobilizar a práticas e reflexões coletivas. 

Há a possibilidade de realizarmos uma cerimônia da sauna, que cá estamos chamando de “Ventre de Sonhos”, se para isso conseguirmos criar coletivamente as condições propícias; Realizaremos duas leituras oraculares coletivas que nos ajudarão a construir significados que nos mobilizem nesses dias e na dança contínua de criação de nossas vidas.

 

Com vizinhos do Povoado da Volta da Serra temos discutido ultimamente a ideia de iniciarmos um brinquedo-de-Boi envolvendo a comunidade local, e o São João deste ano tem surgido como uma boa possibilidade de iniciarmos despretensiosamente a realização desse propósito. Com a vinda de vocês, isso poderá ficar ainda mais oportuno! Sendo assim, coloquem na sua “mochila” seus interesses, experiências e conhecimentos de manifestações da cultura popular!

E naturalmente, haverá momentos de práticas de corpo e de oralidade guiadas inicialmente por nós, mas abertas à guiança de quem mais chegar junto, onde podemos nos aprofundar em determinados assuntos que vem nos interessando, tais quais: 

Como se relacionar com a comunidade e cultura local fora de uma perspectiva colonialista? Como construir ativismos da arte? Como criar repertório sensível fora da colonialidade sexista, classista e patriarcal? Como praticar utopias afetivas-sexuais e parentais alternativas à norma monogâmica, heteronormativa e patriarcal? Como praticar equilíbrio entre nossa vida na terra e a vida de todos os outros seres com os quais somos interdependentes?

 

 

COISAS PRÁTICAS 

 



R$ 55,00 diária (datas de chegada e saída livres, isto é, não é necessário se comprometer com todos os dias; entretanto, há um limite de ocupação, pois só recebemos grupos pequenos; igualmente, se tiver o interesse de chegar antes ou partir depois das datas definidas nesta chamada, abra a conversa conosco para vermos como as coisas andam por aqui). 

* Crianças são sempre bem vindas, contribuem com 50% deste valor e serão cuidadas coletivamente. 

* O valor inclui alimentação sem carne nem bebidas alcoólicas. Entretanto, cozinhamos juntes em nosso fogão de lenha (não haverá cozinheires ou quaisquer trabalhadores a nosso serviço). Inclui também a contribuição para o camping, embora todos os equipamentos devam ser trazidos por cada residente. Inclui 3 práticas guiadas por nossa equipa e toda a guiança para se situar e viver essa experiência ali. 

O banho é de rio (delicioso e frio), contamos com banheiro-seco, não há eletricidade e tampouco conexão de internet (ocasionalmente é possível ir buscá-la a alguns quilômetros). 

Nossa NAU fica a cerca de 20km por estrada de terra (40 min aprox) da cidade de Palmeiras onde chegam os ônibus de Salvador e outras cidades. Podemos nos organizar para fazer esse trajeto Volta da Serra-Palmeiras-Volta da Serra a um custo honesto. 

Reforçando e complementando essas informações todas está a aba COMO CHEGAR que muito recomendamos que visitem e leiam com carinho e atenção!

  • YouTube
  • Instagram