Larissa

Leão

Referências

Atuais

Cognição

Corpo Movimento

Residência Cuerpo y Território

Universidad de la República Uruguay

Cartografia

Afetiva

Criações

Nosso Canal

 

Corpo e Território é o campo conceitual em que se estabelece um projeto poético comum entre o artista da dança Hugo Leonardo e a artista do corpo e do audiovisual Larissa Leão. Um projeto que fusiona e ao mesmo tempo retroalimenta seus projetos poéticos individuais: a Dança Imprevista, de Hugo Leonardo, e a Cartografia Afetiva de Larissa Leão. Na sua Cartografia Afetiva, Larissa se debruça sobre as relações entre Mapas e Afetos, com especial enfoque no exercício político e de poder sobre essas relações. Como o Corpo transita sobre seus territórios poeticamente, simbolicamente, politicamente e em termos de construção de identidade e auto representação? Estudos da Cognição norteiam o percurso de pesquisas, criação e ensino trilhado por Hugo Leonardo no campo da Dança, em que o Corpo aparece como um nexo de relações físicas-biológicas com subjetividade e ambiente. O que a Dança evidencia e possibilita sobre a cognição do dançarino em ação, como isso pode ser matéria e/ou procedimento poético? Simetricamente às relações que Larissa Leão enfoca entre Mapas e Afetos, Hugo Leonardo debruça-se sobre as relações entre Percepção e Sentidos, de forma que a Percepção são espécies de Mapas que mediam continuamente as impressões sensoriais do corpo no ambiente. E, aí, igualmente pode ser questionado o exercício político e de poder sobre as restrições e liberdades em meio às quais a Percepção ocorre e é condicionada. Teríamos a liberdade de construir nossos Mapas sobre o território segundo nossos afetos (num exemplo trivial, um mapa em que a América do Sul estaria “acima” e a Europa “abaixo”)? Os Mapas correspondem à realidade? Realidade estabelecida segundo que referências, atendendo que interesses, sustentada por quais comunidades? Os corpos podem transitar com igual liberdade e representatividade por estas realidades assim mapeadasA Percepção seria fiel à realidade? Precisaria ser?  Até que ponto nossos corpos encontram liberdade para explorar o ambiente sensorialmente e que possibilidades perceptivas aí podemos estabelecer com segurança? Segurança para quem? Que condicionamentos e controles a Percepção encontra na ação contínua de traduzir o atrito dos sentidos com o ambiente? A arte e o exercício poético nos guiam em meio à essas perguntas e panorama conceitual, operando nossas linguagens e materiais: a dança, o audiovisual, a performance, as artes visuais.

 

Residência Cuerpo y Território

Universidad de la República Uruguay

04 novembro a 15 dezembro 2019

Oportunidade de um intenso impulsionamento às pesquisas e à criação no contexto do projeto Corpo e Território possibilitada pelo Edital de Mobilidade Cultural do FCBA Fundo de Cultura da Bahia.

 

Residência Artística desenvolvida em parceria com a artista da dança Catalina Chouhy, docente do curso de Licenciatura em Danza da Universidad de la Republica Uruguay.

WhatsApp Image 2019-11-27 at 11.19.31 (1
Parque Battle (menor).jpg

REGISTROS, RASTROS, NOTICIAS EM FOTOS: Use o mouse para arrastar, organizar, abrir...

Manual Iconoclassistas
Escuela del Sur
Museu Joaquin Torres Garcia
Esquema conceitual de Joaquin Torres
Licenciatura em Dança
Licenciatura en Educación Física
Mapa na Mão
Abismo
La ciudad se esta levantando
Taller Cuerpo y Territorio
Secretos
IMG-20191124-WA0008
IMG-20191124-WA0007
IMG-20191122-WA0013
IMG_20191125_201924_929
IMG_20191115_200427
20191122_164325
IMG_20191115_200354
IMG-20191122-WA0017
20191122_165507
 

Referências

Atuais

Algumas das referências conceituais e artísticas que mais tem nos mobilizado ultimamente. Ideias e poéticas abertas na longa teia que entrelaça conversas, leituras, aulas, acasos, encontros ao longo do nosso percurso. 

 

 

Dos_figuras_constructivas_-_1945_-_óleo_
Manual Iconoclassistas - capa.jpg

Iconoclasistas

Manual de

Mapeo Colectivo

Todo o trabalho dos argentinos Pablo Ares y Julia Risler a cerca de ferramentas que possibilitam a subversão de representações oficiais sobre territórios em favor de outros simbolismos e narrativas críticas.

 
ARTES VISUAIS
CINEMA
CORPO
AUDIOVISUAL

Graduada em Cinema e Audiovisual pela UFRB , a artista investiga, numa perspectiva individual e coletiva – questionando a si mesma e a partir da interação com determinadas comunidades -  como os sujeitos se relacionam com o seu território, como se estabelece a co-criação simultânea da identidade dos sujeitos e das características físicas e simbólicas do território a que pertencem e são pertencidos, levando em consideração os fatores sociais, econômicos e políticos. Arte-ativismo também pode ser uma definição da investida artística de Larissa Leão, desenvolve os seus trabalhos tanto em contextos urbanos quanto rurais da Bahia – na capital Salvador e sua região metropolitana, no Recôncavo Baiano e na Chapada Diamantina

Cartografia Afetiva

Lari.jpg

Transbordamento de águas, cartas e corpos. Soma de restos, poeiras e brisas.

link

Hugo Leonardo

Dança Imprevista

02 Oficina Coletivo TaTo_foto Clara Olac

O corpo é o jardim, o mundo é a casa. Para além do corpo, a imaginação. A Utopia é o corpo.

DANÇA
UTOPIA
CORPO
ATIVISMO POÉTICO SOCIAL

Por caminhos e contextos diversos dedica-se à Dança como um jogo poético-relacional aberto, coreográfico ou não, o qual identifica e assina autoralmente como Dança Imprevista. Mestre em Dança (2008) e Doutor em Artes Cênicas (2013) pela UFBA, em cujo percurso artístico-acadêmico se dedicou especialmente à reflexão e à articulação teórico-prática em torno de temas da improvisação em dança e estudos no campo da cognição. É construtor, sonhador e jardineiro da NAU Nascente de Artes e Utopia, em uma propriedade rural de 5 hectares localizada nos limites do Parque Nacional da Chapada Diamantina, como lar e espaço de residências de criação dedicado ao cultivo de conhecimento e redes para realidades utopistas e poéticas.

 
  • YouTube
  • Instagram