Entendemos que a pandemia ainda não acabou. Por outro lado, entendemos também que voltar a Encontrar é parte necessária da estratégia de sobrevivência para lidar com a própria pandemia e suas consequências. Então, se há meios de vir, façamos acontecer. Pela coletividade, nesse momento, é necessário que esteja vacinado. Para alinharmos esta e outras expectativas, estará publicada e atualizada constantemente o CONVITE abaixo.  Em seguida, está aí também um texto importante sobre a ESTRUTURA atual da Nau e O QUE TRAZER. Leia com carinho e atenção. 

Sentiu o chamado? Preencha o FORMULÁRIO DE INTENÇÃO-INSCRIÇÃO no fim da página!

Qualquer coisa, chama para conversar!  

COMO CHEGAR NA NAU

NAU - CONVITE 

Reinventar estar juntes. Atualizar Utopias. Cuidar-se mutuamente. Celebrar, amar e brincar. Esses são os chamados. 

Jardinar... em sentido amplo.

Práticas de artesania poética entretecida com o cultivo de um patrimônio coletivo de pensares que sejam tão críticos quanto amorosos. 

Onde faltar linguagem, inventamos. 

O Corpo e o Movimento como referência primeira (e poderia ser diferente?).

 

Se você compreende que a construção da autonomia se estabelece colaborativamente num contexto de coletividade, acolhendo as individualidades como forma de promover uma convivência informada pela consciência das diferenças, propícia a trocas e transformações...

Se você busca práticas e narrativas espirituais que não sejam mercantilistas, opressoras e colonizadoras...

Se você deseja aprender e ensinar artes e quaisquer saberes emancipatórios para plantar, construir, se relacionar...

Se você tem habilidade para observar, escutar e partilhar...

Se tua perspectiva de saúde íntima e pessoal puder incluir um alcance de saúde social...

Se teus anseios de prosperidade não ferirem a Terra...

Se tuas guerrilhas forem pautadas pelo afeto e dedicadas a questionar a cartilha patriarcal neoliberal capitalista-consumista...

 

Se você tem prazer em construir juntes… 

... queremos você aqui!

ESTRUTURA - O QUE TRAZER 

A NAU está ancorada numa pequena propriedade rural de 5 hectares nos limites do Parque Nacional da Chapada Diamantina, distante 20km da cidade de Palmeiras-BA. É um território livre de internet. Contamos com uma primeira construção, ainda inacabada, a Casa Caracol, que é nossa cozinha comunitária e núcleo de convivência, à 80 metros do rio.  Há também o espaço aberto de cerimônias em torno da sauna rústica e outros espaços naturais que utilizamos para convivência, experimentações e práticas somáticas. Contamos com 8 bons espaços para barracas, usamos banheiros-secos provisórios que são deslocados de tempos em tempos e o banho é exclusivamente de rio. Nesse momento não contamos com eletricidade além de pequenos aparatos solares. Nosso fogão é à lenha e nossa água de consumo é parcialmente do rio e parcialmente da chuva coletada pela casa. Assim, a ocupação de recolher lenhas e manejar água é parte do jeito de viver lá todo dia. Parece rústico demais, mas é maravilhoso!

 

Isso tudo configura um limite bom de 10 pessoas convivendo por lá, considerando não somente essa estrutura atual como o impacto que causamos na natureza local. A partir disso conseguimos estabelecer juntes um bom ritmo de atividades, possibilidades e não-fazer a cada dia, que atendam também as providencias necessárias (cozinha, sobretudo) e as oportunas (construções, por exemplo). Cuidamos juntes da alimentação, a NAU não conta com cozinheres ou quaisquer funcionares.

 

Dessa forma, é imprescindível que se traga equipamento completo para acampar. Lanterna, repelente, vir preparado para chuva ou para sol, para calor e para frio (sempre há algum, mesmo nas noites de verão), calçado apropriado para caminhada e atividades-da-roça. Não esqueça também seus eventuais medicamentos e lanchinhos, porque não há nada por perto para comprar. Mas, pedimos que cada um leve seu lixo não-orgânico de volta consigo!

 

Custos e colaborações. Atualmente R$ 100 por semana/pessoa tem nos garantido uma boa e abundante feira e mercado para nossa alimentação. Além de uma diária de R$ 20. Fora isso, sempre há uma listinha de presentes e alguma campanha de construção que ansiamos muito por contribuições!

  • YouTube
  • Instagram