Sou dançarino. Sou também astrólogo. Eu prefiro dizer contador de histórias astrológicas. São duas formas que eu encontrei de ocupar-me com construir significados sobre os sentidos nessa aventura de ser um eu-corpo-vivo neste tempo que me cabe. E partilho isso.

Dançar tem me ajudado a refletir sobre quase tudo, é meu maior esforço de sabedoria. Também me obriga a refletir sobre coisas que eu nem imaginaria possível.

A astrologia mapeia ritmos e qualidades com histórias. Os corpos e os espaços são muito grandes ali. Com meu corpo pequeno eu encurto distâncias para o outro que dá notícias constantes de mim. Não sou apenas o mapa, sou também o viajante e a viagem. Sou corpo imaginante, errante, também constelado de ritmos, qualidades e histórias. Tenho muita ordem e muito caos em mim. Isso parece-me perfeito para dançar.

Escreva para verificar a agenda para atendimentos astrológios com Hugo Leonardo em Salvador, na Chapada Diamantina ou outras cidades, bem como a possibilidade de atendimentos via Skype.

Atendimentos Individuais

Hugo Leonardo dedica-se ao exercício profissional da astrologia desde 1997. Seu treinamento neste campo desenvolveu-se no contexto das atividades de Lothlorien (www.lothlorien.org.br ), um centro para o desenvolvimento de práticas de medicina natural e desenvolvimento pessoal com foco na espiritualidade e – no tempo em que viveu e trabalhou ali (1995-2000) – vida comunitária.

 

Lothlorien está localizado nas montanhas da Chapada Diamantina no centro do estado da Bahia, precisamente no Vale do Capão, uma vila muito particular que atrai pessoas de várias partes do mundo em razão da beleza de suas paisagens e contexto generalizado de artes de cura e valores ecológicos norteando um grande número de iniciativas e empreendimentos.

Assim, convergente com sua prática astrológica está uma tapeçaria de experiências em medicina natural, psicologia transpessoal, xamanismo, vida em comunidade e permacultura, só para nomear as maiores referências. Por outro lado, a abordagem mais autoral e pessoal em seu trabalho astrológico viria após desligar-se de Lothlorien e do Vale do Capão, quando apaixonou-se pela dança e decidiu dedicar-se a uma carreira profissional neste campo.

A Dança trouxe uma sólida referência corporal para sua compreensão de práticas de cura e desenvolvimento pessoal, além de conferir a potência da Arte. Técnicas somáticas e abordagens improvisacionais, como o Contato Improvisação, são sua área de especialização neste campo. Ainda mais específica e original é a perspectiva de Estudos da Cognição em seu trabalho educacional e artístico na Dança, investigação particularmente desenvolvida no contexto acadêmico, com mestrado em dança e doutorado em artes cênicas pela Universidade Federal da Bahia.

O interesse artístico no “corpomenteambiente” em toda a complexidade da experiência humana é, obviamente, refletido e inerente ao trabalho astrológico de Hugo Leonardo que, mesmo neste campo, prefere identificar-se como artista em vez de terapeuta. Um contador de histórias astrológicas.

Mestre em Dança e Doutor em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia é autor dos livros “Poética da Oportunidade: Estruturas Coreográficas Abertas à Improvisação”, publicado pela EDUFBA (2009), e “Desabituação Compartilhada: contato improvisação, jogo de dança e vertigem”, Selo A Editora (2014). É idealizador da NAU Nascente Arte e Utopia, projeto em curso de estabelecimento de instituto de educação e pesquisa relacionado com um centro para residências de criação na vizinhança do Parque Nacional da Chapada Diamantina.